terça-feira, 5 de maio de 2009

Le Mans : Sauber Mercedes C9 (nº61) 1987






Foi necessário esperar nove anos depois da criação da Sauber AG para ver um C5 inscrito nas 24 Horas de Le Mans , em 1977.

Quando Peter Sauber pediu à Mercedes para utilizar o túnel de vento no intuito de melhorar a aerodinâmica, os engenheiros alemães ficaram muito impressionados com a qualidade do trabalho de Rudi Faul, o autor da carroçaria. Foi o factor que desencadeou o contrato entre as duas firmas: a Mercedes forneceria o motor enquanto a Sauber se ocuparia de estudar o chassis e a carroçaria.

O aerodinamismo foi particularmente bem estudado , o que permitiu ao C8 atingir a segunda melhor velocidade de ponta em Le Mans em 1965.

No entanto, a sua estabilidade manteve-se relativamente mediana, por causa de um efeito ao solo menos acentuado que nos carros da concorrência.

Em 1987 a Sauber Mercedes Kouros apresentou dois carros em Le Mans , nas mãos de Pescarolo/Thackwell/Okada e Ganassi/Dumfries. Heini afinou ainda mais a preparação do M117 Mercedes, o bloco foi reforçado com painéis de alumínio e as rodas passaram para as 17 polegadas à frente e 19 polegadas atrás.

Os carros evidenciaram um grande potencial durante os treinos, mas os resultados na prova não se mostraram à altura. A partir da quarta hora, o nº62 de Ganassi/Dumfries partiu a caixa de velocidades e o nº61 também teve de abandonar depois de quinze horas de corrida por causa de acidente.
A miniatura é da colecção Altaya fabricada pela IXO na escala 1/43 e é um excelente réplica.

3 comentários:

JB disse...

Embroa não seja o meu estilo eu acho esta miniatura fabulosa.
JB

RM Style disse...

É de facto uma excelente réplica.
Obrigado pela visita

José António disse...

Magnifica miniatura!
Belo pormenor dos pneus!