segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Le Mans : Lola T-280 (nº7) 1972








Um dos nossos melhores pilotos e, certamente, o mais conhecido a nível internacional na altura era Mário de Araújo “Nicha” Cabral.
O piloto do Porto - que já tinha estado inscrito dois anos antes para correr no Porsche 907 de André Wicky - foi convidado em 1972 por Jo Bonnier para partilhar a condução de um dos competitivos Lola T280 DFV - patrocinados pelos queijos suíços – uma espécie de equipa oficial da Lola gerida pelo piloto sueco. Cabral teria como companheiros de equipa o belga Hughes de Fierandt e o Espanhol Jorge de Bragation, mas um desentendimento, após os treinos, quanto à ordem dos turnos para a prove fez com que o piloto se recusasse a alinhar nas primeiras horas e o carro desistiria antes de Cabral se sentar ao volante. Pior ainda, o patrão da equipa viria a perder a vida com o Lola nº8 num acidente ao nascer do dia, numa participação que, obviamente, não deixou boas recordações a ninguém.
A miniatura é da Solido na escala 1/43 com alterações.

1 comentário:

RM Style disse...

Penso que será este?