sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Capacete AGV GP-Tech Marco Simoncelli (2011)





Feito em fibra de carbono e Kevlar, incorpora aquilo a que o fabricante AGV denomina IVS (sistema de ventilação integrado) graças a uma série de condutas com saídas de ar na parte superior e posterior da proteção. O interior da calota está revestido com tecido coolmax que permite reduzir a temperatura. A AGV comercializa uma réplica denominada GP-Tech Simoncelli Tribute. O estúdio Drudi Performance encarregou-se desenho e a empresa DiD Design, propriedade de davide Degli Innocenti, colocou a decoração no capacete. A partir de 2011 a marca de bebidas energeticas Monster passou a ocupar uma grande parte do protector do queixo e as manchas de leopardo, que se situavam ao longo de toda a parte inferior do capacete, ficaram limitadas à zona do pescoço. Na traseira o leopardo com uma aspecto feroz também incorpora na cabeça as duas faixas vermelhas longitudinais simbolo da identidade do capacete de Simoncelli.

A miniatura é da Planeta Agostini  na escala 1/5


terça-feira, 13 de outubro de 2015

Capacete AGV GP-Tech "Five Continents" Valentino Rossi (2009)







A decoração «Five Continents» foi feita no AGV GP-Tech, cujo capacete é composto por fibra de carbono e Kevlar. O revestimento interior é de fibras que protegem do calor e tem várias condutas de ventilação. 

Quando o Mundial se estreou no Qatar , Rossi exibiu pela primeira vez esta decoração, uma vez mais inspirada na contraposição do Sola e a Lua . A influencia oriental, africana e mesmo maori também está patente na profusão de pequenos pormenores , sem esquecer a presença obrigatória do número 46 na parte detrás ou a marca da sua mão direita. Na zona superior do capacete também se pode ver vestígios do esboço original feito à mão  

A miniatura é a da Planeta Agostini na escala 1/5