domingo, 29 de março de 2009

DTM:Mercedes 190 E Evo 2 (nº14) 1990





O Mercedes da Roland Asch do Team Snobeck que correu no campeonato alemão DTM. O fabricante é a Minichamps na escala 1/43.

sexta-feira, 27 de março de 2009

Le Mans : Porsche 917 K (nº23) 1970






Um ano de muita chuva, 512 contra os 917, Ferrari contra a Porsche, carambola dos "vermelhos" na Maison Blanche, sómente 7 carros classificados...

O ano de 1970 foi o da primeira vitória dos Porsche 917 que na versão curta venceram os da versão longa em que Vic Elford com o nº25 se deu ao luxo de fazer medias por volta de 240 km/h.

Para a Ferrari, principal opositor aos Porsche, foi uma ano para esquecer, perdendendo de uma só vez 4 carros na Maison Blanche e mais tarde o Ferrari Ickx-Schetty que seguia na 2º da posição, despista-se devido a uma roda que se bloqueou acabando por se despistar e matar um comissário de pista. Terminava assim o sonho da Ferrari.

Debaixo de chuva torrencial, o Porsche 917 nº23 de Herrmann/Attwood rolava ao ritmo de um 911 prudente e indo várias vezes às boxes. Este Porsche do Team Salzbourg estará no comando da corrida desde a 11ª hora e alcançará finalmente à Porsche e a Herrman (que quase venceu em 1969 com o 908) uma justa vitória.

O Porsche 917 foi um dos carros de competição que mais apaixonaram os amantes do desporto automóvel. Saiba mais sobre este carro no link disponível no lado direito deste blogue.

Existem inúmeras miniaturas deste carro como o da Solido ou da Champion. Aqui está retratado o da colecção Altaya fabricado pela chinesa Ixo na escala 1/43. O resultado é bastante bom.

As 24 Horas de Le Mans apaixonaram e apaixonam muita gente , razão pela qual o actor Steve McQueen participou no filme "Le Mans" com base na corrida de 1970 em , neste trecho que apresentamos, não aparece o carro vencedor.





Rallye de Portugal : Renault Clio S 1600 (nº12) 2005



No Rally de Portugal de 2005 , uma prova dominada pelos Subaru Impreza de Daniel Carlsson e Mikko Hirvonnen e pelo Mitsubishi Evolution de Adruzilo Lopes, Pedro Matos Chaves com N.Rodrigues da Silva foi um dos protagonistas na luta pela vitória na categoria S1600. A prova que visava reconquistar o lugar que já lhe pertenceu no Campeonato do Mundo de ralis , foi dura e difícil.

O andamento de Daniel Sordo não permitiu veleidades aos pilotos dos Clio da Renault Portuguesa que acabaram por se degladiar pela conquista do segundo lugar da categoria S1600, onde Pedro Matos Chaves foi batido pelo seu companheiro José Pedro Fontes, terminando a prova no terceiro posto do seu escalão e no oitavo lugar da geral.(texto Altaya).

A miniatura é da Altaya da Colecção "Os Nossos Campeões de Ralis" fabricada com qualidade na escala 1/43 pela Ixo.

Le Mans : Chrysler Viper GTS (nº51) 2000







O duelo esperado na categoria GTS entre os Corvette C5-R e os Viper GTS-R nas 24 Horas de Le Mans manteve todas as suas expectativas logo a partir dos ensaios. Karl Wendlinger chegou a até a despistar-se ao embater num Porsche, mas, mesmo com a carroçaria e as suspensões danificadas, o nº51 regressou à pista.

O começo da corrida foi igualmente intenso com os três Viper da equipa Oreca e os Chevrolet Corvette de Gary Pratt colados uns aos outros. Mas, um pouco antes das 18 horas, o nº51 de Beretta/Wendlinger/Dupuy tomou a dianteira, à frente do nº52 de Huisman/Duez/Archer. Tinham no entanto em linha de mira o C5-R nº63 de Fellows/Kneifel/Bell, e desencadeou-se uma jigajoga entre este três carros numa luta entusiástica num dia de calor só atenuado pelo cair da noite.
O Viper Oreca nº53 sitou-se no terceiro lugar da categoria GTS, à frente do Corvette que os seguia a apenas uma volta de distancia. Mas , de madrugada, avarias mecânicas na caixa de velocidade e motor de arranque vitimaram os Corvette, oferecendo aos nº51 e nº52 uma mais que justificada pretensão ao quinto lugar da classificação geral, algo que um GTS nunca conseguira!

Às 8 horas, o nº53, vitima de um choque com o Porsche 996 GT3 nº79, atrasou-se para a quarta posição, atrás do melhor dos Corvette. Mas , às 10 horas da manhã de domingo, o nº52 parou, aparentemente por causa da cambota. O nº51 continuou a correr, ocupando o sétimo lugar geral até ao fim da tarde. Quando tudo acabou, o nº51 venceu a categoria GTS À frente do nº53, com o Corvette nº64 a completar o pódio. Com um excepcional sétimo lugar na classificação geral, a equipa Oreca podia sentir-se satisfeita . Texto: Altaya, Fotos : Le Mans History

A miniatura pertence à colecção Altaya fabricada pela Ixo na escala 1/43 excelente qualidade.

domingo, 22 de março de 2009

Le Mans :WM Peugeot P76 (nº86) 1977








Gerard Welter e Michel Meunier juntamente com o team WM Peugeot foram os pioneiros do projecto PRV V6 Development. O seu Peugeot Douvrin V6 projectado para Le Mans começou em 1976. Em 1977, já com o nome de WM, participaram com o P 76 e o P 77 tendo obtido com o nº86 de Marcel "Max" Mamers/Jean Daniel Raulet/Xavier Mathiot, o 15º lugar na geral e 2º na classe GTP.Reparem o aspecto artesanal como os farois traseiros de um certo...Citroen
A miniatura exposta é da BIZARRE na escala 1/43 , com excelente qualidade e tem um valor especial para mim por me ter sido oferecida pelo fabricante Fernando Pinto.

Prix de Paris:Ferrari 250 TDF nº22 (1960)

Um 250 TDF em acção





Este Ferrari é da Box (nº8426) na escala 1/43. Reproduz o carro de André Simon que venceu em 1960 o Prix de Paris com o chassis nº0973GT. As jantes foram substituídas por outras mais fidedignas.

quarta-feira, 18 de março de 2009

Mugello:Porsche 935 (nº4) Martini 1976

O 935 na boxe




Nas 6 Horas de Mugello o Porsche nº4 (chassis nº002) de Ickx e Mass venceu a prova. O corte dos faróis dianteiros causou estranheza na altura mas o carro mostrou-se extremamente eficaz vencendo esta prova inaugural bem como o campeonato desse ano.

Esta é uma miniatura da Luso Toys na escala 1/43 e foi a primeira realização desta marca portuguesa. Recebeu algumas alterações de pintura.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Suzuki GSXR 750 Cup (1998)





Um modelo histórico da Suzuki feito pela Majorete na escala 1/18. Alguma falta de rigor e detalhes simples mas com alguma apresentação.